Rainha da América Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Nuria Amat
Casa Das Letras
Desconhecido
Português
Um
Usado
SINOPSE
Crónica sobre o narcotráfico, epopeia sentimental e reflexão sobre a crise contemporânea de valores, "Rainha da América" é justamente considerado pela crítica como um dos grandes romances da actual literatura latino-americana, já distinguido com o Prémio Cidade de Barcelona.

A história de "Rainha da América" desenrola-se no meio da violência que domina o dia-a-dia na Colômbia. O exército, a guerrilha e o tráfico de drogas tecem uma rede em que se sentem presas as três personagens centrais que dão vida a este romance: Rat, uma jovem espanhola recentemente chegada à Colômbia em missão humanitária; Aida, uma supersticiosa visionária; e Wilson (o elo de união entre ambas), um escritor e jornalista que, enredado num quotidiano repleto de sinais enigmáticos, é perseguido pelos narcotraficantes, pelos guerrilheiros e pelo exército.
As suas vidas entrelaçadas acusam a paixão amorosa, a paixão revolucionária e, sobretudo, o instinto de sobrevivência que as alimentam. A sua vivência encontra voz numa prosa nítida, ágil e irremediavelmente poética.

CRÍTICAS DE IMPRENSA
"UMa das teias amorosas mais bem construídas na literatura de língua espanhola dos últimos anos."
El País
"Uma energia criativa realmente insólita."
Eduardo Mendoza

"Hábil combinação de inteligência e espírito crítico."
Juan Goytisolo, The Times Literary Supplement

EXCERTOS
"Tínhamos feito amor como velhos conhecidos que têm pressa de devorar os segredos do encontro. Cada abraço era um prémio que entregávamos um ao outro. Wilson agarrava-se a mim como se quisesse salvar-me de um suicídio. Tomara a minha vida nas suas mãos, e por um momento imaginei que ia colocá-la ao lado da mulher da fotografia a preto e branco."
"Tínhamos feito amor como velhos conhecidos que têm pressa de devorar os segredos do encontro. Cada abraço era um prémio que entregávamos um ao outro. Wilson agarrava-se a mim como se quisesse salvar-me de um suicídio. Tomara a minha vida nas suas mãos, e por um momento imaginei que ia colocá-la ao lado da mulher da fotografia a preto e branco."
Usado
Lisboa
7,50€
estantecheia
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira