A FALÊNCIA DO CRISTIANISMO BURGUÊS Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Mário da Rocha
Editora Centelha
Desconhecido
Português
Um
Como novo
A FALÊNCIA DO CRISTIANISMO BURGUÊS –
Mário da Rocha
Editora Centelha
Coimbra – 1984
Páginas: 273
Dimensões: 210x150 mm.

Exemplar em muito bom estado, sem marcas de manuseamento.

PREÇO: 13.00€
PORTES DE ENVIO INCLUÍDOS, em Correio Normal/Editorial, válido enquanto esta modalidade for acessível a particulares.
Envio em Correio Registado acresce a taxa em vigor.
-----------------------------------------------------------
PRÉ-PAGAMENTO:
Transferência Bancária
MBWAY
PAYPAL
Entrego em mão em Coimbra


INDICE
Recado Preliminar
I -MISTERIOS
A Teoria na Prática Será Sempre Outra?!
0 estalinismo narcisista do Patronato Eclesiástico  
Vaticano Constantiniza Roma
A Igreja, Sociedade de Antismos
A Poluição do Integrismo
Os Ricos Patrões da Igreja
A Política da Apoliticidade
A Ideologia do Antimarxismo
A Falência do Cristianismo Burguês
O Amor Não Tem Paciéncia..
II- IMAGENS
A Igreja em Portugal, alienada e alienante
Post-Scriptum ..  
Chaves para uma Igreja de Amanhã
O Futuro impõe-se-nos; eu creio no Futuro
E agora?
-----------------------------------------------------------

RECADO PRELIMINAR (excerto)
Este livro é totalmente impróprio para todos os patrões narcisistas do poder pelo poder! Sobretudo para todos os hierarcas e bem assim para todos quantos lhe seguram a cauda, como melhor processo de segurarem sua própria segurança económico-social.
Este discurso irá, necessariamente, indignar todos os velhos do Restelo, todos o gansos do Capitólio, os Sanchos Pansas de toda a espécie.
Irá, igualmente, irritar todos os amesendados, todos os «homens tranquilos», homens «bons»! Tão «bons» que nem sequer são capazes de matar uma mosca ao vizinho incomodado. Homens, generais de um velho Deus dos exércitos, refeito ao seu próprio tamanho! Homens que fazem da moral um sermão desfermentado, no qual, quando muito, a frater- nidade é um tema literário de uma retórica dessorada, tanto mais inútil quanto mais bela!...
Este livro é, de igual modo, pouco agradável. para certos «santos laicos», que eu admiro e até invejo e não compreendem também meu empenhamento, total e gratuito, na confrontação frontal contra uma hierarquia amancebada com o Poder!... Alguns, contraditando o pecado das origens, poderão ser tentados a pensar que «Deus devia dar-nos o pão cozido»!...
Este livro é, sobremaneira, impróprio para todos os burgueses, burgueses de espírito de toda a espécie! MEDIOCRES TÃO-MEDIOCRES QUE, DE MEDIOCRES, NEM SABEM QUE O SAO»...
Como novo
Coimbra
13,00€
ARCA DOS LIVROS - Vasco Barra Oliveira
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira