Os Olhos do Faraó Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Boris de Rachewiltz, Valentí Gómez i Oliver
Dom Quixote
Desconhecido
Português
Um
Novo
Egito Antigo, ano de 2200.
Durante o declive do Antigo Império, que marcará o fim do Império Médio, Neferkara Pepi, que durante quase um século reinou sobre as "duas terras", está prestes a morrer.
O reino encontra-se numa situação dramática, o povo está à beira da sublevação, mas os cortesãos ocultaram esta situação do faraó. No entanto, o sacerdote e tesoureiro Ipwer, o homem com o coração honesto, irrompe no salão do trono para revelar ao soberano a dramática situação em que o reino vive.
O profundo dramatismo do relato de Ipwer comove profundamente o ânimo do faraó, que revive o seu passado, desde que subiu ao trono, com seis anos de idade.
As intrigas da nobreza para conseguir o poder, a rivalidade entre as cidades de Mênfis e Tebas, as disputas religiosas derivadas da crescente implantação do culto monoteísta de Horus e Amon-Ra, alternam com imagens de jardins exóticos, eclipses lunares, gatos mágicos, pigmeus dançantes e fantasmagóricas festas na margem do Nilo.
Novo
Setúbal
10,00€
Ricardo Alhinho
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira