ANTIQUÁRIO – Crónicas Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Silva Tavares
Livraria Popular de Francisco Franco
Desconhecido
Português
Um
Envelhecido
ANTIQUÁRIO – Crónicas
Silva Tavares
Livraria Popular de Francisco Franco
1ª Edição
Lisboa – 1936
Páginas: 201
Dimensões: 190x120 mm.
Exemplar com algum desgaste da lombada. Miolo em bom estado. Tem uma assinatura de posse
PREÇO: 8.00€
PORTES DE ENVIO INCLUÍDOS, em Correio Normal/Editorial, válido enquanto esta modalidade for acessível a particulares.
Envio em Correio Registado acresce a taxa em vigor.
-----------------------------------------------------------
PRÉ-PAGAMENTO:
Transferência Bancária
MBWAY
PAYPAL
Entrego em mão em Coimbra

--------------------------------------------------------------------------------------------



ÍNDICE
Como nasceu o Teatro em Portugal.
Garcia de Resende na Embaixada de Tristão da Cunha . .
O Eterno Feminino no «Cancioneiro Geral»
A escravatura negra no Brasil
O Teatro nos conventos
Uma falsa amante de D. João V.
Santo António militar Nos bastidores da história da independência do Brasil
Curiosidades acêrca do Natal
Considerações sôbre um velho tema
A minha amada língua portuguesa

-------------------------------------------------------------------------------------------------

João da Silva Tavares

Nasceu em Estremoz a 24 de Junho de 1893, onde passou a sua infância e parte da adolescência. Aos 13 anos descobre-se poeta, tendo publicado o seu primeiro livro de versos Nuvens aos 18 anos.

A sua vida literária virou-se predominantemente para a poesia, mais de quatro dezenas de obras poéticas publicadas. Mas também dedicou muito do seu tempo e imaginação ao teatro. Escreveu mais de nove dezenas de peças, entre dramas, comédias e farsas. Mas foi no teatro ligeiro (opereta e revista) onde melhor se encontra , pelo tom popular que empresta a quase tudo o que escreve. Na sua vasta obra assinalamos ainda duas novelas, algumas crónicas, estudos históricos e biografias.

Foi durante cerca de trinta anos chefe da Secção de Coordenação de Programas da Repartição dos Serviços de Produção da Emissora Nacional. Aqui desenvolveu intensa actividade, dinamizando programas ligados à poesia e ao teatro. No seu testamento deixou como legado à Biblioteca de Estremoz mais de uma dezena de manuscritos das suas obras, um bronze, uma tela e as insígnias das condecorações com que foi distinguido.
Envelhecido
Coimbra
8,00€
ARCA DOS LIVROS - Vasco Barra Oliveira
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira