3º Congresso da Oposição Democrática Aveiro 4 a 8 de Abril de 1973 Edição : Seara Nova Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Seara Nova
Edição : Seara Nova
Desconhecido
Português
Um
Usado
3º Congresso da Oposição Democrática
Aveiro 4 a 8 de Abril de 1973
Edição : Seara Nova

Teses:
— Segurança Social e Saúde Urbanismo e habitação
— Desenvolvimento Económico e Social
— Desenvolvimento Regional e Administração Local
— Organização do Estado  Direitos do Homem
— Conclusões

Exemplares em  muito bom estado.
Sem assinaturas ou anotações

PREÇO: 32.00€

----------------------------------------------------------------------------------------------
PORTES DE ENVIO INCLUÍDOS, em Correio Normal/Editorial, válido enquanto esta modalidade for acessível a particulares.
Envio em Correio Registado acresce a taxa em vigor.
-----------------------------------------------------------
PRÉ-PAGAMENTO:
Transferência Bancária
MBWAY
PAYPAL
Entrego em mão em Coimbra

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O III Congresso da Oposição Democrática, realizado em Aveiro de 4 a 8 de abril de 1973, praticamente um ano antes do 25 de Abril, cumpriu uma dupla missão histórica de grande importância. Por um lado, veio revigorar o movimento de Oposição Democrática, que as "eleições" de 69 tinham relançado mas que a crispação repressiva do marcelismo, a partir de 1970, debilitara ou limitara na sua capacidade ofensiva e de expansão. Por outro lado, tal como o II Congresso, em Abril de 69, permitiu preparar a participação nas "eleições" de 1969, também o III Congresso impulsionou a intervenção nas "eleições" de 1973, através de uma ampla mobilização de militantes extremamente ativos na elaboração das teses, muitas delas coletivas, e na sua discussão, ultrapassando em muito neste aspeto o que havia sido a dinâmica do Congresso anterior. Além disso, no plano programático e ideológico, distinguiu-se por uma evidente radicalização das propostas e medidas apresentadas nas diferentes temáticas analisadas e debatidas nas suas oito secções: desenvolvimento económico e social (7 teses); estrutura e transformação das relações de trabalho (21 teses); segurança social e saúde (5 teses); urbanismo e habitação (12 teses); educação, cultura e juventude (27 teses e mensagens); desenvolvimento regional e administração local (8 teses); direitos do homem e organização do Estado (18 teses); situação e perspetiva política no plano nacional e internacional (32 teses). Note-se que esta divisão em secções temáticas constituiu uma inovação em relação aos dois Congressos Republicanos anteriores (o de 1957 e o de 1969).
Para tal muito contribuiu a experiência obtida em 1969 com a elaboração do programa eleitoral da CDE de Lisboa, uma verdadeira escola de formação para tantos militantes.
A necessidade de não dissociar o combate ao regime ditatorial e pelas liberdades da defesa de uma alternativa socialista ao sistema capitalista tornou-se a partir de então uma preocupação
Usado
Coimbra
32,00€