PROBLEMAS ECONÓMICOS DO SOCIALISMO NA URSS Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

José Estaline
Publicações Nova Aurora Lisboa 1975
Desconhecido
Português
Um
Usado
PROBLEMAS ECONÓMICOS DO SOCIALISMO NA URSS
José Estaline
Publicações Nova Aurora
Lisboa 1975
Páginas: 108
Dimensões:205x146x06

Exemplar em bom estado, capa e contracapa com pequenas dobras.
Sem assinaturas ou anotações
Preço 11.00€


Sobre o tema
"Problemas económicos do socialismo na URSS", o autor e a obra
1ª Parte, o autor
por Daniel Vaz de Carvalho
//resistir.info
"Problemas económicos do socialismo na URSS" [1] foi escrito por Joseph Vissarionovitch Estaline em 1952. Vale a pena recordar este texto não só como documento histórico, de certo modo inserido nos 100 anos da Revolução Socialista de Outubro, mas também pelo que pode ter de relevância atual quanto à análise e definição de critérios e políticas do socialismo.

Antes de fazermos uma breve resenha do texto, algumas notas sobre o autor, tema tabu, cujas abordagens ou são ignoradas ou quase consideradas uma apologia do crime. Porém, como disse Espinosa: "Trabalhei cuidadosamente para não escarnecer, nem lamentar, nem execrar, mas apenas compreender as ações humanas".

De qualquer forma, o texto e o seu autor merecem alguma reflexão e ganham uma perspetiva que não deve passar despercebida. Afinal a Revolução não acabou ao fim dos 10 dias que abalaram o mundo, prosseguiu durante décadas, só pôde ser destruída pela traição e contrariamente à vontade expressa do seu povo. Lembrar o imenso contributo da Revolução para o progresso dos trabalhadores e dos povos é também lembrar os seus obreiros e os seus líderes, os seus êxitos, erros e circunstâncias.

A propósito do autor

Falar do autor é extremamente problemático. A luta ideológica contra o socialismo impôs-se de forma tão intensa que mesmo em sectores avançados ideologicamente se estabeleceu a autocensura. Historiadores que se apresentam como gente séria vão ao ponto de considerar Estaline um criminoso pior que Hitler de tal modo a repetida falsificação condiciona o pensamento.

E no entanto as coisas de forma alguma se passaram como divulgam. Além de que os pretensos acusadores perdem a autoridade moral para o fazer quando sistematicamente defendem, omitem ou justificam os crimes cometidos sob o capitalismo.

No Pequeno Dicionário Filosófico, edição de 1959, publicado em Moscovo, (já com Khruchov na liderança) Estaline é considerado "destacado dirigente do movimento trabalhista revolucionário russo e internacional", "notável revolucionário proletário" que após a "morte de Lenine conduziu firme e decididamente o povo soviético pelo caminho da construção do socialismo. Nas suas obras teóricas desenvolveu de maneira admirável a teoria marxista-leninista". Contudo "na sua ação cometeu sérios erros". "Certas limitações da democracia interna inevitáveis nas condições de luta encarniçada contra o inimigo de classe e mais tarde contra os invasores germano fascistas começaram a ser transformados em norma violando grosse
Usado
Coimbra
11,00€
ARCA DOS LIVROS - Vasco Barra Oliveira
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira