VERDE PINO –Antologia de autores portugueses para os 2º e 3º anos do Ensino Secundário (1974) Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Hirondino Fernandes e António Cabral
Porto Editora – 1974
Desconhecido
Português
Um
Como novo
VERDE PINO –
Antologia de autores portugueses para os 2º e 3º anos do Ensino Secundário (1974)
Hirondino Fernandes e António Cabral
Porto Editora – 1974
Páginas: 510
Dimensões: 230x165 mm.

Exemplar em bom estado. Ligeiro desgaste da capa.
PREÇO: 15.00€
PORTES DE ENVIO INCLUÍDOS, em Correio Normal/Editorial, válido enquanto esta modalidade for acessível a particulares.
Envio em Correio Registado acresce a taxa em vigor.
-----------------------------------------------------------
PRÉ-PAGAMENTO:
Transferência Bancária
MBWAY
PAYPAL
Entrego em mão em Coimbra

--------------------------------------------------------------------------------------

PREFÁCIO
Desabrocharam, em viço e frescura, ao sol radioso deste Abril de 74 as flores todas da Terra Portuguesa.

VERDE PINO, por força do seu estado de adiantamento, não pôde colher muitas daquelas de que gostaria, mas, mesmo assim, está certo de oferecer, de entre as mais representativas das épocas e autores consignados nos Programas, as que melhor respondem às exigências do leitor.

Ao fazê-lo, optou por uma ordem cronológica, de forma a que seja o próprio leitor a proceder às arrumações que entender por bem — romantismos, realismos, conto, novela... — e, no que respeita å ortografia, certo de que a rudeza de roupagens das mais antigas, por agora, não serve senão para as lançar no descrédito, para que em todos se enraíze o gosto pela página impressa, limitou-se à patine que baste a não tomar por novo aquilo que vem de há séculos.

Assim procedendo, cremos que em nada se alterou a sua voz: as flores que constituem VERDE PINO continuam, meiga e suavemente, a dizer-nos que, vivo e são, o amigo espera estar connosco antes do prazo saído!
No mais... ai está, a iniciar as NOTAS, a integração histórico- cultural que cada uma e todas as flores implicam — Comece por essas páginas, ou vá lá parar, posteriormente, o leitor, que assim as situar no tempo, e até no espaço, um espaço que, em muitos casos, deverá, e talvez possa, ultrapassar as limitadas barreiras portuguesas — e ai está, no final também, o Vocabulário, que tornará acessível ao aluno a leitura de todas elas.

As nótulas biográficas são reduzidas ao essencial e surgem logo, junto do texto, como elementos tantas vezes imprescindíveis para a sua compreensão.

Quanto à ilustração, procurámo-la viva, actuante, susceptível de levar às mais longas caminhadas, uma vez provocado o diálogo que se impõe. Para tal, gravuras como as de BERNARDIM (cfr. o fac-simile da primeira página da Menina e Moça, ed. de Ferrara, pág. 67, com o texto da página 66), ou CAMOES (cfr. o texto da primeira estrofe de Os Lusíadas, pág. 112, com o respectivo fac-símile- outra edição; os retratos das págs. 107 e 111; os pelicanos da pág. 115) ou... quase todas as mais, pois que, fugindo à insípida galeria de retratos, que nada dizem, todas elas procura
Como novo
Coimbra
15,00€
ARCA DOS LIVROS - Vasco Barra Oliveira
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira