O Palácio dos Prazeres Celestiais Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Adam Williams
Difel
Desconhecido
Português
Um
Como novo
China, finais do séc. XIX. Os estrangeiros residentes na cidade de Shishan são surpreendidos pelas convulsões da revolta dos Boxers, uma brutal rebelião dos camponeses chineses contra a colonização estrangeira e a submissão da dinastia Manchu à dominação europeia no Império da Grande Muralha.
Será neste sanguinário pano de fundo que esta imponente saga nos irá narrar o sensual caso amoroso de Henry Manners, um agente secreto Vitoriano, com Helen Delamere, a bonita filha de um comerciante local, educada num convento. Nesta cidade, a vida social dos estrangeiros, gira em redor de Dr. Edward Airton, um compassivo médico escocês que dirige um hospital e uma missão. Mas o seu papel não é apenas este. Tendo-se tornado o oponente filosófico do Mandarim, um omnipotente funcionário local, o Dr. Airton faz a ponte cultural entre o Oriente e o Ocidente.
E há também o "Palácio dos Prazeres Celestiais", o mais célebre bordel da cidade, que tem um papel central na vida dos residentes, tanto dos expatriados como dos locais. Localizado mesmo ao lado da praça das execuções, a patroa é a Mãe Liu, cujo filho, Ren Ren, se distingue pelo seu sadismo. No entanto, à medida que a rebelião vai passando de simples rumores a uma realidade cada vez mais assustadora, os habitantes Ocidentais de Shishan vêem-se compelidos a colocarem-se nas intrépidas mas amorais mãos de Manners.
Épico nos seus objectivos e na sua execução, este ambicioso romance, povoado por personagens apaixonantes e rico em detalhes políticos e históricos, abre uma janela entre dois mundos, ambos à beira da extinção.
Como novo
Porto
9,00€
Elsa
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira