Arquitectos da Paz : A Diplomacia Portuguesa de 1640 a 1815 Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Ana Leal de Faria
Tribuna
9789728799847
Português
Um
Novo
Os Restauradores de 1640 revelaram grande sentido de oportunidade política, mas a conjectura internacional, então favorável ao movimento português, podia rapidamente alterar-se graças à evolução de uma guerra, depois chamada dos Trinta Anos, a primeira de dimensões verdadeiramente europeias.
Havia que intervir com agilidade e perspicácia de forma a justificar a legitimidade da independência. As primeiras embaixadas organizaram-se com invulgar rapidez, seguidas de um enorme esforço de consolidação de uma rede de informações e de um sistema de relações diplomáticas permanentes. Numa época em que a Paz de Vestefália tornava de novo possível o diálogo entre as potências, assistimos também em Portugal ao desenvolvimento da diplomacia e à formação de uma elite especialmente bem preparada para avaliar a situação internacional
WWW.MUNDOLIVRO.NET
Novo
Porto
15,00€
Livros Tecnicos
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira