João de Barros - Canto de Prometheu [1ª EDIÇÃO] DEDICATÓRIA (Portes grátis) Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

João de Barros
Seara Nova
Desconhecido
Português
Um
Como novo
Literatura » Poesia


Ano: 1944 [1ª EDIÇÃO]

Editor: Seara Nova

Páginas: 20

Capa: Brochura

Dimensões: 19x26 cm

Detalhes: Exemplar valorizado pela dedicatória do autor.

Estado do exemplar: Em bom estado.

Não!...

Monstro da altura, goela hiante
Que lento e lento, instante a instante,
Bebes o sangue, a seiva moça
Do meu veemente coração;
Destino adverso, erma tortura,
Fúria do céu, que me desterras,
Além do amor, além da vida,
Nesta perdida,
Nesta humilhada escravidão,
- Não vos pertenço, não sou vosso,
Nem dos grilhões que me cativam,
Nem da candente, aguda flecha
De mão injusta despedida,
Que me feriu e fulminou!
Não, não sou vosso, não me entrego
À vossa injúria sem perdão!...

Negras marés, tufões do oceano,
Que perseguis e me assaltais;
Meu temporal quotidiano,
Quedo jamais,
- Que voz repele, e afronta, e cala
Este tumulto de ódios cegos,
Que ruge e clama e ofende em vão?
Um grito só, que o peito exala
E a voz dardeja e enleia o mundo,
Grito de amor em mim presente,
Perenemente,
Um grito só,
Um claro grito:

- Não!
Como novo
Santarém
20,00€
Livraria "Passos em Volta"
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira