A Alegria de Viver e Morrer em Paz de Dalai Lama Saldo dos Comentários ao Livro/Vendedor: Neutro

Dalai Lama
Temas e Debates
9727593844
Português
Um
Como novo
CONTACTO: vboliveira@gmail.com
Pré-pagamento:
Transferência Bancária
Paypal (Acresce 0.35€ + 4% sobre o preço do produto e do custo de envio.
Condições de envio:
Envio em Correio Normal. (Mínimo 0.90€ ) Comprador assume o risco de entrega
Envio em Correio Registado (Acresce 1.60€ ao custo do correio normal ) Vendedor assume o risco de entrega.
Pagamento por Paypal implica sempre o envio por Correio Registado.
Entrego em mão em Coimbra
Forum Coimbra
Retail Parque Mondego

A Alegria de Viver e Morrer em Paz
de Dalai Lama
ISBN: 9727593844
2ª Edição ou reimpressão: 10-2001
Editor: Temas e Debates
Idioma: Português
Dimensões: 120 x 210 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 258
Classificação Temática:  > Religião e Moral > Religiões (Ásia e Oriente)
Livro praticamente novo, sem marcas de uso.
PREÇO 7.00

«Todos vão morrer, mas ninguém está morto», diz um velho ditado tibetano. É a partir desta afirmação que Sua Santidade, o Dalai Lama conduz, ao longo destas páginas, uma reflexão sentida e profunda acerca do processo da morte, com base num poema de Panchen Lama que os budistas tibetanos usam como referência na sua reflexão diária sobre a morte. Morrer em Paz é uma obra decisiva e provocante, que nos revela a importância da preparação para o momento de morte no caminho para a iluminação»

Sobre o autor:
Líder espiritual do Tibete e membro da ordem do budismo tibetano Gelupa, o atual Dalai Lama nasceu em 1935, em Tsinghai, numa família de camponeses na aldeia de Takster, com o nome de Lhamo Dhondrub. Apenas com dois anos de idade foi reconhecido como a reencarnação do 14.º Dalai Lama. Os Dalai Lama são vistos como reencarnações do príncipe Cherezig. Ao tornar-se líder espiritual do Tibete assumiu o nome religioso Jetsun Jambel Ngawang Losang Yeshe Tenzin Gyatso. Doutorou-se aos 25 anos em Filosofia Budista. Em 1959 foi obrigado a abandonar o país com a entrada das tropas chinesas. Desde esse ano vive exilado em Dharamsala, no norte da Índia. Defensor incansável da não violência, da tolerância, do diálogo e da preservação dos recursos naturais do planeta, visitou muitos países defendendo a convivência harmoniosa entre os povos, as culturas, as religiões e a própria natureza. Foi laureado com o Prémio Nobel da Paz em 1989, como reconhecimento pela sua campanha de não violência a favor da auto-determinação política do Tibete. Os chineses foram contra essa homenagem.
Como novo
Coimbra
7,00€
ARCA DOS LIVROS - Vasco Barra Oliveira
Para ver os contactos do vendedor deste livro,
inscreva-se agora gratuitamente
ou
entre na Bibliofeira